Não se contente com migalhas amorosas

74189_10150309070930271_15526475270_15726871_4328335_n

Quando você se encontra com alguém, você precisa perguntar á si mesmo: “Por que eu estou me aproximando dessa pessoa?”. Pense nos casais que você conhece. Pense nos relacionamentos que você já teve. Pense em todos os relacionamentos “amorosos” que vistes por aí. Não é muito inspirador, não é mesmo? O amor está no ar, mas algumas pessoas preferem respirar fumaça.

E na vida de solteiro, uma hora ou outra, chega aquele momento em que você simplesmente sabe que está pronto para algo á mais. As festas perdem um pouco da graça e as coisas que você sempre fez com total intensidade parecem perder o sentido.

É aí que as coisas começam á dar errado para a maioria das pessoas. Elas confundem “estar pronto para um relacionamento” com “precisar de um relacionamento”. Na maioria dos casos, não vale a pena insistir. Não entre em um relacionamento por carência ou desespero. Quando conhecer alguém que lhe interessa, deixe seus motivos egoístas de lado. Todos nós os temos, mas deixe-os de lado.

Lembra o que eu disse no começo do texto? Quando você se encontra com alguém, você precisa perguntar á si mesmo: “Por que eu estou me aproximando dessa pessoa?”. Então permita á si mesmo responder. Você pode ficar horrorizado com as suas próprias respostas. Se algum de seus motivos egoístas prevalecer, terás a tua resposta definitiva. Não invista em um relacionamento fadado ao fracasso. “Antes só do que mal acompanhado” é muito mais do que um antigo ditado da era de bronze.

Por que eu estou me aproximando dessa pessoa?

E vai chegar o dia em que você tentará se fazer essa pergunta e não encontrará uma resposta. Você vai perder um pouco da cabeça se insistir em encontra-la. Quando experimentar uma verdadeira conexão mental, emocional, física ou espiritual (ou, se tiver sorte, todas essas em uma) terá encontrado o ouro. Pode passar horas e horas pensando no por que de tu quereres aquela pessoa, mas não encontrará nada.

E é justamente por isso que tu deves esperar. Não se contente com a primeira pessoa que aparecer. Não namore por motivos egoístas. Não se case por motivos egoístas. Ultimamente, não está valendo nem a pena ir pra cama com alguém por motivos egoístas. Aquela pergunta “Por que eu estou me aproximando dessa pessoa?” deve ser feita sempre com o objetivo de não encontrar respostas.

Quando tu não encontrar uma resposta clara e a razão deixar de existir naquela pessoa. Quando tu realmente pensares “Isso é uma loucura”, aí sim tu encontraste algo             que vale a pena explorar. Explore teus motivos o máximo que tu puderes.

Não procure por alguém igual á todo mundo. Procure por alguém que faça as outras pessoas se tornarem desinteressantes, alguém que não te faça pensar nos teus relacionamentos passados. Procure por alguém que te complete. Procure alguém á que tu vá completar.

Por que eu estou me aproximando dessa pessoa? Quando a resposta para essa pergunta não importar e quando a razão não importar, aí sim, tu podes ter encontrado o que tu buscava. Amor é uma substância abundante que nunca acabará. Mas não se deve colocar um anel de prata em qualquer amor que encontrar. Amor bom mesmo é o amor que não tem explicação, que te arranca suspiros e te deixa com um sorriso bobo na cara. É esse amor que vale a pena. Todo o resto é dispensável.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s