Ensaio sobre o amor

maravilhosoamor

Disseram-me uma vez que nunca deve haver mágoa onde já houve amor. Nunca as guarde. Mesmo assim, as pessoas guardarão mágoa de você, guardarão rancor. Não permita que isso o impeça de seguir em frente. Essa é a direção da vida: Em frente. A violência com a qual as pessoas pensam em ti pode ser apenas um reflexo de algo que elas precisam trabalhar nelas mesmas.

Não trata uma pessoa que você já amou como se fosse um brinquedo com o qual você se cansou de brincar. Não trate o amor que um dia existiu como uma brincadeira. Sabe aquilo que dizem que o amor não machuca, não enlouquece? É mentira! Isso é exatamente o que o amor faz. E o amor não acaba, as pessoas simplesmente vão o deixando de lado. A questão é: Pelo que elas trocam o amor? Essa é uma pergunta que eu não sei responder.

E quando há amor, há certo planejamento. Se você já amou sabe do que estou falando. Você quer evoluir, quer construir uma vida com a pessoa. E quando todo esse amor é posto de lado, as pessoas acabam por deixarem de lado esses planos também. Procuram a autodestruição em todos os seus gestos, em todos os seus atos, em todas as suas palavras.

Nunca venda a sua alma (e nem o seu amor) ao diabo. Olhe para o seu coração, sinta-o. Aquele amor não deixou de existir, nunca foi uma brincadeira. Ele ainda está aí no seu peito. Você pode visita-lo quando quiser. Se não há mágoa, o amor sempre existirá. Talvez demore um pouco para você conseguir visita-lo sem derramar uma lágrima, mas, logo você conseguirá.

Não dê nome aos bois. Não culpe ninguém. Aceite as coisas. Aceite os teus erros. Aceite os erros do outro. Aceite que tu não pode lutar se o outro não tem a menor disposição de lidar com tua luta. Se sentir que deve fazer algo á respeito, o faça. Porém saiba: Não adianta nada desviar do teu próprio ego se isso fizer com que esbarre no outro.

E os planos? E os sonhos? Bem… Mantenha-os! Nunca pare de acreditar, a vida não funciona assim. Deixe isso para os covardes. Se não tiver ninguém ao seu lado amanhã, mantenha o seu foco. Se algo que tinhas planejado era o melhor para os dois, fazê-lo por ti pode ser o melhor pra ti de qualquer forma. Evoluir é bom. Você deve evoluir, independentemente das consequências.

É aquela velha história de que “de tanto que se erra, se aprende á acertar”. Tome as suas lições. Ás vezes demoramos, ás vezes não. Algumas pessoas conversam á respeito, outras preferem guardar tudo para si mesmas. Não melhore para mostrar para o outro que tu melhorou. Melhore porque é de tua natureza.

E se a pessoa não puder fazer o mesmo, você não pode fazer nada á respeito. Se ela não puder olhar no seu próprio coração e saber o quanto é importante, você não pode passar o resto de sua vida tentando convencê-la. Prove para si que o amor foi real. Prove para quem realmente se importa. Se a pessoa quiser guardar mágoas, faça o possível para que ela não o faça. Mas se ela insistir, simplesmente permita. Mas não pense nisso. Apenas permita.

Por fim, abra-se. Não tente se vingar. Não há de que se vingar. A vingança só causa males á ti mesmo. Viva no presente e sinta a sua dor. Faz parte do processo. Amanhã tudo pode estar bem, ou pode doer mais um pouco. Viva! Um amor deixado de lado não é motivo para que tu pares de viver. Não apenas abra-se para experiências, abra-se para o amor. Se todos fizessem isso, se todos fossem capazes de encher os seus corações com amor, não haveria dor. Insistimos, “orgulhosos” em trocar o amor por dor, o sorriso por mágoa, o respeito pela falta dele.

Não seja apenas mais um. Não faça o que todos fazem. Não entre nessa. Amanhã tu pode amar outra pessoa, mas nunca será um amor melhor. Existem diferentes tipos de amor que despertam diferentes sentimentos e vontades dentro de você.

Como eu disse, relacionamentos são complicados. Sempre haverá um milhão de motivos para termina-los. Apenas um para continua-los: O amor. O amor continua lindo, exceto se você se tornar incapaz de senti-lo.

Pare de reclamar. Isso só fará mal á ti mesmo. Mantenha o pensamento positivo e foque-se em outra coisa. Há amor demais no mundo. O amor está no ar. Uma hora ou outra, tu vai ser capaz de respirá-lo.

Crie um santuário dentro de ti mesmo. Guarde lá o que realmente te faz bem. O que não te faz, permita que se vá. Mas nunca desperdice um amor. Nunca o trate como se tivesse sido algo descartável. Enquanto o mundo dá voltas, o amor continua sendo a força mais poderosa do universo. Conte com isso.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s