O homem que beijava os furacões

furac

Diziam que vinha um furacão por aí. Eu nem sempre acreditava na mídia, então permaneci em casa. Vieram alguns caras do governo que me disseram: “Você precisa sair”, mas eu não dava a mínima. Não tinha medo da morte nem medo de furacões. Tinha mais medo do governo do que deles.

Mesmo assim, o furacão chegou para governar no lugar do governo. O furacão chegou como quem dizia: “Agora quem manda aqui sou eu”. Eu fiquei ali, olhando da janela do meu apartamento de um quarto, enquanto ele vinha. Sei que disse que não tinha medo de furacões, mas isso foi só até eu ver um deles. Tive medo de ser sugado, assim como todo mundo teria no meu lugar. Talvez aquele fosse o preço que eu devesse pagar pela minha teimosia.

Mas algo ainda mais interessante que o furacão apareceu. Um homem! Ah, sim! A raça humana pode ser incrível. A imprevisibilidade dela era muito maior do que a do furacão. O furacão não tem escolha! Ele vem e destrói o que vê pela frente. Aos humanos, sempre foi dado o livre arbítrio. Entendia muito mais aos furacões do que aos homens – eu pensava.

Era um homem negro esquelético. Vestia-se todo de vermelho e eu acho que aquilo deveria significar alguma coisa, mas não estava certo do que significava. Ele corria na direção do furacão. Enfrentava-o com uma coragem que eu nunca tinha visto antes. Era a bravura (ou a estupidez) que me chamava tanto a atenção. Não havia nada a ser feito, exceto observar aquela cena. O homem foi sugado pelo furacão, gritando.

-Tudo bem! – eu pensei. E logo fui tomar meu café. O furacão não me pegou.

E nunca mais ouvi falar daquele homem. Ele provavelmente tinha seus motivos e seus demônios para fazer aquilo. Não o critiquei e nem procurei a imprensa para contar a sua história. Creio que o homem não queria que sua história fosse contada.

E depois do furacão, apareceu um imenso arco-íris. Ali estavam três coisas que eu não sabia muito bem de onde vinham: Os furacões, os homens e os arco-íris, mas algo me dizia que vinham todos do mesmo lugar.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s