Perder o “outro” para encontrar a si

perderpraseencontrar

Você sabe que existe mais do que o que existe na sua mente. Suas ideias respiram, transpiram e sangram. Suas ideias tomam conta do seu ser sem que você sequer se dê conta disso. E claro, você terá ideias boas e ruins em um compasso que nunca irá conseguir entender na totalidade.

Isso funciona de uma maneira diferente quando você está em um relacionamento ou pelo menos quando tem a ideia de estar em um. Isso funciona de uma maneira diferente quando você se prepara para um relacionamento.Muita gente por aí está em uma busca desenfreada para encontrar o outro.

Existe aquela frase que diz que “o outro não preenche e o preenchimento deve ser interno”. Vá até o seu facebook e poste isso agora. Ganhará dezenas de curtidas e comentários, mas ninguém entenderá nada daquilo. Provavelmente nem você.

As vezes, o que nos separa de nós mesmos é o apego no outro, na ideia do outro. Pode acreditar: o mundo não acaba quando um relacionamento chega ao fim, por mais que você bote a ideia na sua cabeça de que é assim que as coisas são. Se tornar dependente de alguém não é uma coisa boa, se apoiar naquela pessoa é uma ideia pior ainda.

Não digo para você fugir para o mato e passar o resto da sua vida servindo de jantar para os mosquitos. Mas afirmo: você deve conhecer o outro lado, aquele em que está sozinho. As vezes perder a coisa que você mais ama no mundo pode fazer você amar a si mesmo.

Anúncios

Um comentário sobre “Perder o “outro” para encontrar a si

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s