Evoluir sem aprisionamentos

43245345643543Não importa o quão “grande” possas te tornar, ainda será pequeno. A questão na vida não é o tamanho que tu irá alcançar, mas sim a forma que irá tomar. Estamos passando por um processo evolutivo massante todos os dias. Nos contaminamos e nos purificamos com uma naturalidade espantadora. Uma vez que você entende que tudo o que está em seu caminho faz parte desse processo de evolução, as coisas não ficam mais fáceis… Porém elas passam a ter um sentido. Verás que deixa um pouco de ti em cada pequena coisa que faz. Amanhece o dia e você está mais forte, vai dormir e está fraco. Olha para o sol e sente tuas energias renovadas, vem a chuva e a leva embora.

Você pode se agarrar a religiões, superstições, pode se agarrar ao teu trabalho, família, namorada… Mas a dura verdade é que tu estás por tua própria conta. Não há ninguém que não seja você com quem deva se preocupar. Pode parecer um tanto quanto egoísta afirmar isso, mas – nem de longe – digo que não devemos ter empatia ou mesmo sentir amor pelo próximo. Muito pelo contrário: boa parte de nossa missão aqui é compreender a maneira certa de executar essas tarefas sem causar danos em nós mesmos.

De vez em quando nos atiramos aos precipícios, mas ao nos aproximarmos do chão deslizamos pelo ar como se não tivesse peso algum em nosso corpo. Compreender a si antes de compreender o outro. Ninguém pode lhe ajudar nessa tarefa. Cabe a ti. Ouça o que o teu interior lhe diz. Se tu caminhas sem questionar a ti mesmo, está desperdiçando as solas de teus sapatos. Devagar, vá aprendendo a conviver consigo mesmo. Conheça-te. E um dia estarás pronto para dominar a ti mesmo.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s