A analogia das tartarugas que se escondem em seus cascos

Planetary Nebula NGC 2818, Hubble Space Telescope

Não, você não é uma tartaruga. Esconder-se em um casco e torná-lo sua própria fortaleza impenetrável não vai te levar a lugar nenhum. A busca pela segurança e estabilidade pode acabar por recolher a sua cabeça ali para dentro para sempre. E é ali que morre quem você deve se tornar amanhã e tudo o que resta é quem você foi ontem. Quanto ao agora, não existe “presente” quando estamos tão assustados com o mundo lá fora para o enxergarmos com clareza.

Levante-se, vá até a janela mais próxima. Abra-a e respire. Esse mundo é seu! Você não está caminhando um caminho seguro, haverão pedras e espinhos pelo caminho. Torne-se forte o bastante para não precisar temê-las. Depois que tomas consciência dos perigos que existem em cada pequena ação que tomas, passa a se tornar um perigo para aquela sua parte que está trancada dentro do seu casco de tartaruga.

E sem aquela fúria indomável que reside em teu peito, você acabará se aprisionando dentro do seu casco. Construirá dois: um para ti e outra para aquilo que está dentro de ti, para ter certeza de que os está mantendo afastados. Mas a natureza é mesmo curiosa e fascinante, não é mesmo? Cedo ou tarde, alguém ficará curioso com o que há naqueles cascos e pode dar um pouquinho de luz para a escuridão do esconderijo.

E com um pouquinho de luz a tartaruga pode se tornar grande demais para o seu casco. Alcance o martelo, mas não quebre-a pelo outro. Deixe que o outro entenda o que é a liberdade. Tudo o que você pode fazer é olhar pela janela. Enquanto alguns se aprisionam outros pensam em maneira de criar asas. E criam dois pares de asas: um para si e outro para aquilo que vive dentro de cada um. Sim, os sentimentos também querem voar. Eles se encontrarão lá em cima.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s