Sempre haverá uma mulher para lhe salvar (e outra, depois dessa)

mulheres

Costumo ver esses tipos nas ruas: abatidos, com as mãos nos bolsos e sem brilho no olhar. Quando você vê um cara na sarjeta, você imediatamente presume que alguma mulher teve algo a ver com isso. Não, meus amigos, a culpa não é delas! A culpa é inteiramente nossa! Amá-las pode ser um pecado imperdoável.

Não faz muito tempo que eu encontrei um amigo que já foi bastante próximo com aquele olhar de “ah, nunca mais haverá outra mulher depois dessa”. Lembro que conversamos em um tom depressivo e melancólico enquanto eramos cercados por mais e mais garrafas de cerveja em algum botequim de esquina.

Eu me lembro especificamente de uma cena naquela noite. O que vocês precisam entender a seguir é que eu sou bem contrário às “baladinhas sertanejas”, mas mesmo assim o acompanhei até um point local onde continuamos cercados pelas garrafas. Enquanto ele se lamentava com o seu próprio apocalipse inexistente, ele disse:

-Cara… Não existe mais nenhuma mulher por aí!

Olhei ao nosso redor e me deparei com inúmeras beldades. Não era como se ele se recusasse a conhecê-las, ele simplesmente se recusava a notar que elas estavam ali. Estou falando de loiras, morenas, ruivas, orientais… Haveria uma para todo o tipo de gosto. E falando francamente, dentre tantas mulheres alguma ali deveria ser excepcional. Eu simplesmente disse para ele:

-Fique com alguém que faça você esquecer que seu coração está partido! – enquanto erguia o copo, levando-o até minha boca e apontando para as garotas.

Ele se virou para elas e disse:

-Não adianta! Não existe uma mulher depois dessa…

E ele simplesmente ficou lá, como uma montanha que não se move. Meu coração tinha sido partido há muito tempo e agora era eu quem os partia então não fazia nenhuma questão de conhecer o amor. Me lembro da expressão dele, apático enquanto tudo o que ele conseguia ver era o fundo do copo vazio, pouco antes de voltarmos a enchê-lo. Para ele, aquela mulher tinha sido o fim do mundo, ao menos na época.

E de fato, as coisas são bastante como dizem por aí: há sempre uma mulher para lhe salvar daquela que partiu seu coração e depois dela haverá uma mulher para lhe salvar daquela que lhe salvou. Não me perguntem como essas coisas funcionam ou como o ciclo vicioso termina.

Talvez o amor da vida dele estivesse lá. Talvez tudo o que ele tivesse que fazer fosse falar com ela.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s