Se os deuses nos atendessem…

54354354335

Se os deuses me dessem a oportunidade de estar com uma mulher de minha escolha – e apenas uma, por tanto tempo quanto eu vivesse – eu deixaria de lado todas as opções, pois tu serias minha única escolha. Me aconchegaria no silêncio de teu peito e tocaria a maciez de tuas coxas por toda a eternidade. Tocaria teu rosto como se fosse a última mulher do planeta, pois afinal… Tu serias!

Sentiria teu calor enquanto dormes e ouviria tua respiração na calada da noite, como já fizera em tantas outras noites. Pintaria o mundo de azul, se assim você me pedisse – ainda que os deuses que lhe tivessem entregue aos meus braços me proibissem de fazê-lo – só para contemplar teu sorriso mais uma vez.

Nas noites de frio, lhe cobriria. Nas tardes de calor, roubaria-lhe um oceano. Sentiria o encontro de nossas mãos como se ela estivessem destinadas a se tocarem, unidas por muito mais do que a carne ou o prazer que ela nos proporciona. Despejaria todo o meu vinho rio abaixo e esmagaria todos os meus cigarros.

Se ao menos os deuses me permitissem  tal escolha… Se ao menos eles permitissem que tu fugisse da cegueira de teu próprio ego… O paraíso está e sempre esteve onde tu não ousastes ir. A harmonia existe onde tu não ousas pisar.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s