Devaneios do último dia do mês

 

2434324234

Nessa busca desenfreada em tentarmos ser aquilo que nascemos para ser, nos tornamos algo. Não somos animais, nem somos deuses… Mas somos algo no meio disso tudo. Fingimos que sabemos o tamanho do universo, mas na verdade não sabemos de nada. Falamos de amor, enquanto pregamos o ódio. Criamos a guerra apenas para podermos falar de paz.

Tente deixar a luxúria no seu bolso e só a use em último caso. Ouça a voz que vem lá do fundo da sua alma, que sussurra: “Você pode fazer isso” – seja lá que diabos você estiver tentando fazer. Deixe seu egoísmo de lado e ouça o teu coração. O caminho é esse e nenhum outro. Você jamais será a opinião alheia, mas pode acabar se tornando aquilo que você pensa sobre o que os outros pensam de você. A opinião deles pouco lhe importa. Viva pela opinião alheia e Deus descerá dos céus para tomar a sua alma de volta.

Mas não se preocupe, pois todos nós iremos nos encontrar em algum ponto. Vivemos pelo desejo de ouro, pelo desejo de amor… Mas acabamos ficando longe deles, pois o medo do sucesso é tão grande quanto o medo do fracasso. Na escolha dentre o amor e o medo, o medo acaba parecendo maior… Mas quer saber de um segredo? O amor destruirá o medo, como ele sempre o fez. E em um dia como qualquer outro você se encontrará respirando o ar mais puro que já existiu. Conhecerá, enfim, ao teu próprio ser.

E verá que as coisas foram sempre tão simples. Quem as complica somos nós.

E verá também que o amanhã nunca existe. Tudo o que há é um ininterrupto hoje. Se deixar para amanhã, corre o risco de nunca fazer nada. E você, pequena criança, nasceu para fazer… Para criar, para amar, para sentir. Pare de olhar para fora! Não há nada de interessante ali. O “todo” vive dentro de você. Eis um belo lugar para direcionar seu olhar. Enxergará de verdade, quando for capaz de fechar teus olhos.

Anúncios

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s