Ser apartidário não significa “ficar em cima do muro”

apartidarismo

O que você faz quando das posições que lhe oferecem nenhuma lhe agrada?

Meus pais nunca fizeram campanha política pra partido nenhum. Embora eu não tenha aprendido muitas lições das quais eles tentaram me ensinar, isso foi algo que aprendi muito bem com eles. Se eu continuar são, você nunca vai me ver levantando a bandeira de partido nenhum.

O dicionário define o apartidarismo como “teoria, sistema ou ideologia que propõe ausência de organização partidária”. Ou seja: O apartidário é aquele que não levanta bandeira nenhuma pelos partidos políticos, de acordo com suas próprias ideologias, filosofias e ideais políticos. Se você não conseguiu entender isso muito bem, pense no apartidarismo como o partido daquele que não tem partido nenhum.

Francamente, eu não acredito que um futuro próspero para o país esteja nas mãos de partido algum. Simples assim. Para acreditar que o PT ou o PSDB estão procurando o melhor para o país, devemos estar com os olhos vendados. É isso que os partidos querem que você fique: Plenamente cego, acreditando apenas nas vozes doces que lhe alcançam no escuro enquanto você levanta bandeiras azuis, vermelhas, e amarelas. Quando foi a última vez que você levantou a bandeira do Brasil? Lembra dela? Aquela na qual está escrito “Ordem e Progresso”. È a única bandeira que deveríamos estar levantando, enquanto os partidos políticos giram em nossas cabeças como pêndulos.

GameOfThrones0508-9

Uma coisa que você precisa entender sobre os partidos políticos no país: Eles não estão pensando no nosso futuro. Eles não ligam para as criancinhas de oito anos aprendendo a disparar fuzis nas favelas cariocas, nem para o professor espancado em uma manifestação genuinamente bem intencionada. Eles não ligam pra sua saúde. “Ahhh, mas e as campanhas antitabagistas? Elas não procuram uma saúde melhor para o povo brasileiro?”. Simples: O tabagismo causa doenças que custam muito para o Estado, quando o refém deste é refém de nosso sistema de saúde precário.

Mas então por que existem os partidos políticos, se eles não trabalham em prol de um futuro (e um presente) melhor para o povo brasileiro? Simples: Poder pelo Poder. Reeleição. Dinheiro. Imunidade às leis de nossa Constituição. Prevalência sobre os “inimigos”. Precisa de mais motivos? Posso passar horas listando-os.

A guerra de baixíssimo nível dentre os partidos políticos não diz respeito à capacidade dos mesmos em construir um futuro melhor pela nação. Essa guerra partidária é em prol do poder. Eles brigam para ver quem vai poder lhe esvaziar os bolsos, enquanto você reclama e tenta com duras maneiras sobreviver com o mínimo de dignidade possível.

Você é parte da massa de manobra, mas não deveria ser. Você acredita na alternância de poder? Brigue por ela! Mas jamais feche os olhos para os crimes do partido que tu defendes. Você sequer precisa ser apartidário para reconhecer o que eu lhe contei acima. Simplesmente reconheça. Acredita na alternância de poder? Bem, eu também. Pois lhe digo que esse poder esteve alternando entre mãos sujas durante toda a história política brasileira.

Está na hora de tal poder cair nas mãos do povo.

Anúncios

Um comentário sobre “Ser apartidário não significa “ficar em cima do muro”

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s