Eu e o quão pequenino sou

geração que ladra e nao morde

Por muitas vezes me vi envolvido em delírios de grandiosidade. Olhava para as flores e para os insetos com um certo desdenho, como se me autoproclamasse algum tipo de rei do planeta, a espécie dominante dentre todas as outras. Vira e mexe alguns insetos me picavam e vira e mexe os espinhos de alguma flor me faziam sangrar. isso pouco abalava-me em meus delírios. Continuava pensando como um gigante.

Você vê? Tudo o que os gigantes tem são o seu imenso tamanho e força física, embora tenham cérebros pequeninhos. E quem seria eu perante um gigante? Para uma partida de xadrez, um oponente considerável.Para uma queda de braço, seria tão inestimável quanto uma formiga tentando levantar uma cadeira.

Minha percepção sobre mim mesmo como um conquistador não durara tanto tempo. Pense bem se tudo não é uma questão de percepção. Você se vê como um gigante e passa a agir como um, crendo que tudo ao seu redor é pequeno e insignificante. Talvez seja um de nossos mecanismos de fuga, como se quiséssemos fugir do mundo que nos cerca e nos segregarmos dele. Se tudo ao seu redor é pequeno, o que tu te tornas?

Pouco sabia sobre a vida quando me achava gigante.

Pouco sei sobre a vida agora.

Sei, entretanto, que não sou gigante algum. Todas as vidas tem o mesmo peso e a mesma medida. Um beija-flor é um beija-flor e ele não deixa de ser um caso pense que é um crocodilo. Ele continuará sendo um beija-flor. Eu não tinha me transformado em um gigante apenas por pensar que era um, apenas em um homem que pensava ser um gigante. Um homem pequenino, se comparado ao universo.

O sentimento mais gigantesco que tive fora ver que o universo era imponente. Para ele, todos seríamos sempre formiguinhas operárias: Todos cumprindo seu devido papel, ainda que não tenhamos consciência disso.

Anúncios

Um comentário sobre “Eu e o quão pequenino sou

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s