Da vida e das surras que ela nos dá

4354354355

A vida bate e bate forte, como quem não pede licença pra bater. Quando ela bate, ela bate com toda a força e você fica desorientado, por vezes no chão e achando que é a pessoa mais injustiçada do mundo, ainda que no fundo você saiba que tem sorte. Como é difícil lembrar do quão sortudos somos quando estamos com punhos em nossas bochechas quase arrancando nossos dentes, não é mesmo?

E ficamos alternando entre emoções.

Parte de nós só deseja que a vida pare de bater. Parte de nós quer que ela bata ainda mais forte para que possamos destruir aquilo que pensamos de nós mesmos e dar lugar a algo novo. Outra parte, sobretudo, teme a destruição e o novo criado. Bom seria se a vida não nos golpeasse, mas não podemos fingir que não sentimos os golpes o tempo todo.

A vida pode ser um tapa na cara às vezes, mas chega uma hora em que tudo vira carinho, ao menos assim esperamos.

Ou então a gente aprende a brigar com ela, de igual pra igual, ouvindo um inexistente sussurro que nos diz “Ei, simplesmente vá em frente e ignore a dor. Enfrente”. E então aprendemos a bater forte, tão mais forte do que os golpes que a vida nos dá. A questão é que nunca sabemos se precisamos aprender a brigar ou não. A vida não vem com um manual de instruções. Nem com orientações. Você e eu somos iguais, entende? Somos aquela vez em que nossos pais nos empurraram da bicicleta sem saber se cairíamos ou não ou o pássaro que mergulha em direção ao ar sem saber se irá conseguir voar ou não.

Sempre podemos cair.

Sempre podemos levantar.

Sempre podemos aguentar alguns golpes.

Ou distribuir alguns outros.

Anúncios

Um comentário sobre “Da vida e das surras que ela nos dá

ComentAnderson

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s