Você parece algo que desenhei

Quando bem jovem, eu gostava de desenhar, ainda que não desenhasse muito bem. Rabiscava em todo o canto, experimentando a minha ‘arte’. Ainda que eu não obtivesse sucesso, estimava e valorizava meus rabiscos, com a inocência de uma criança que venerava a capacidade de criar qualquer coisa. O problema é que você não consegue explicar…

Lembre-se de esquecer

Nos esquecemos da única coisa da qual verdadeiramente deveríamos nos lembrar constantemente: Da importância de esquecermos. Se você não esquece algo que lhe feriu ou que chegou à beira de sua destruição, você vivo com aquilo. Pense nisso como uma figura: Você acorda e desperta aquela sombra do que já devia ter esquecido, prepara o…