pingo d’água

28 Olho para as minhas mãos: elas são um pingo d'água Olho para os meus pés: eles também são um pingo d'água Meus cabelos, todos os fios: apenas um pingo d'água Meu peito logo também se transforma em um pingo d'água Olho pra dentro... Olho pro meu coração Ele é apenas um pingo d'água Meus... Continuar Lendo →

Anúncios

O todo e o nada

Eu costumava olhar para o todo. Vez ou outra o todo olhava para mim, ria de mim. Vez ou outra o todo me respondia, dizendo que eu não estava enxergando tudo que havia. Daí, passei a olhar para o nada. O nada também começou a olhar para mim e rir de mim. Vez ou outra... Continuar Lendo →

Perder ‘senza peccare’

Algo se perde E outro algo se encontra Somos aquilo que se perdeu? Ou somos aquilo que encontramos? E onde nos procuramos? Onde nos encontramos? Onde nos perdemos? Em lugar algum... Que não seja dentro de nós mesmos!   Nada se perde Onde tudo se encontra Assim como nada se encontra Onde tudo se perde... Continuar Lendo →

Quem é você?

As pessoas chegam até mim, de uma forma ou de outra, ainda que eu prefira muito estar sozinho. Gosto de manter distância delas. Se elas ao menos soubessem que a distância é muito mais preciosa do que a presença, elas seriam abençoadas. Mesmo assim, as pessoas chegam até mim. Não fecho os olhos quando elas... Continuar Lendo →

Mexendo no jardim

Tudo nos leva a crer; No meio de tantas partidas de xadrez; Que o grande ponto da vida só pode ser; Esse negócio todo de ganhar e perder;   Hoje nem perdi e nem ganhei; Plantei - para um dia poder colher; Me perdi e plantei; Me perdi e te ganhei;   Tantas sementes no... Continuar Lendo →

Eu, aos teus pés, não lhe imploro

Eu, aqui de joelhos, me vejo novamente jogado aos teus pés, como estivera desde antes do meu nascimento. Desta vez, entretanto, não lhe imploro nada. Me lanço aos teus pés pois assim é a minha própria natureza. Desta vez, entretanto, diferente do que foram tantas outras vezes, não coloco nenhuma palavra em tua boca. Calo-me,... Continuar Lendo →

Mergulha-me se for capaz

Se você não pode se encontrar quando olha nos meus olhos, ainda que aborrecidos, estais realmente perdida. Se você não se encontrar quando mergulha em meus olhos, farei com certeza que eles não sejam um lago aberto. Meus olhos são um rio perigoso, cheio de pedras e correntezas, os quais não permitem à aproximação da... Continuar Lendo →

Presença, carne & natureza

Quando o ódio e o medo parecem ter dominado o mundo, eis uma oportunidade para mostrarmos bondade. Eis uma oportunidade para nos tornarmos aquilo que nascemos para ser. Gratidão, amor, compaixão... São muito mais do que palavras aprisionadas em nossas mentes. O bem é a única lei  a qual obedeço. Então, é isso que você... Continuar Lendo →

Eu me lembro…

Eu costumava ter que ir embora, por algum lugar entre os lençóis. Costumava apanhar as roupas no chão e vesti-las silenciosamente enquanto arrastava vagarosamente meus pés em direção à porta. Qualquer ruído era meu inimigo. Qualquer ruído indicava que eu estava tentando fugir. E na calada da noite eu caminhava procurando por algo, talvez por... Continuar Lendo →

Ela tinha um nome bonito, mas…

Ela tinha um nome bonito mas...Eu não sou mais capaz de dizê-lo. Queria que minha vontade não fosse a de subir no alto de uma montanha e gritá-lo, só para ver se ela ouviria. Também não consigo pensar naquele nome sem que outra parte do meu coração seja tomada. Chego a conclusão que parar de... Continuar Lendo →

Me pergunte

Me pergunte onde eu moro e eu lhe responderei: "Meu lar no seu coração". Me pergunte de que material é feito o meu sentimento e eu lhe responderei: "De luz". Me pergunte o que eu quero ao me aproximar de você e eu responderei: "Quero acender a luz que já existe no seu peito". Não me pergunte... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑